De véspera

Com o coração engasgado na boca, na espera de palavras que podem ser das mais diversas naturezas… E quanto mais eu tento não pensar, mais eu me pego pensando…

A gente é igual a peru morrendo de véspera. Nem sabe, e já dói esse tanto…

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Personal Affairs. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s