Cadê o cabelo que estava aqui?

Post rapidinho, só pra dar update no meu dilema capilar. Depois de ter dado sinais de melhora, ele voltou a cair outra vez. Não tanto quanto na pior fase de cabelo em tudo quanto é canto menos na cabeça, mas uma queda significativa.

Semana passada fui na dermatologista, que além de exames (para ver se a causa é efeito colateral do tapazol, sintoma do hipertireoidismo ou outra coisa), me passou o Pantogar. Por aí falam maravilhas do dito cujo, e hoje tomei a primeira capsula. O duro é que também dizem que demora um mínimo de 3 meses para começar a ver o resultado, e do jeito que vai indo, eu não tenho 3 meses de cabelo. Ok, estou exagerando, mas dá licença que o cabelo é meu e o desespero também!

Meu pantogar é manipulado (BEMMM mais barato) e a dermatologista mandou tomar 1 capsula ao dia. E aí começa a neurose (1 capsula depois… imaginem como estará a neurose depois de 30!): será que o manipulado é confiável? Porque não seria? Tem os mesmos ingredientes, mas neurose desconhece a lógica! Será que minha dermatologista surtou e mandou tomar 1 só quando na bula do pantogar oficial (não manipulado) diz 3 ao dia? Será que 1 só vai causar diferença?  Apenas surtos de quem não aguenta mais catar cabelo no chão, na escova, no pente, no chão do box, e por aí vai…

Eu tenho total consciência das minhas neuroses, mas pra essas coisas eu costumo ser zen e até bem esperançosa, mas sei lá:  estou pra lá de ansiosa e não tô botando muita fé.

Tomara que eu esteja errada. Daqui a 3 meses (ou quando notar alguma mudança) a gente vê…

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Depressa demais com as etiquetas , , , , , , , , , . ligação permanente.

19 respostas a Cadê o cabelo que estava aqui?

  1. lucia diz:

    Hoje, realmente, não dá! É, simplesmente, o terceiro texto que escrevo e o mando não sei pra onde… Portanto, desculpa, amiga! Vou sair logo antes que nem isso consiga chegar ao endereço certo. grrrrrrrrr!
    Boa sorte!

    • Já falei pra você… control C no comentário antes de enviar! E não só aqui, em qualquer coisa online! Eu confesso que as vezes esqueço, mas o ideal é fazer disso um hábito, assim NUNCA se perde o que se escreveu e a internet resolveu não colaborar em mandar… 🙂

      Mas nem esquenta! 🙂

  2. lucia diz:

    O pior Adriana, é que nem termino o texto. Acho que devo bater em alguma tecla indevida e, lá se vai tudo. Fico P. da vida! Será que não tem mesmo um arquivo pra onde esses textos desviados vão? Sou péssima nessa coisa de Internet, sabe?
    Saco…. rsrsr…
    Problema não! mais tarde ou amanhã escrevo novamente….
    Essa coisa fofa que está aí na foto é a filhota?

  3. lucia diz:

    Ah , acho que agora entendi… mandei o comentário e ele foi , mas continuou dentro da janela…. quer dizer que : à medida que vou escrevendo vou tb clicando o control C? É isso? é uma forma de ir salvando o que se vai escrevendo? Se não for, pode rir à vontade… eu mereço…rsrsrsr

    • Não vou rir… eu sei fazer porque lido com isso desde que a internet apareceu no Brasil e desde então, você pode contar nos dedos os dias que não usei… Então é muito tempo de uso! Mas ninguém tem obrigação de saber.

      Sempre que escrever um pedaço grande (o suficiente pra dar preguiça de começar de novo), coloque o mouse em algum ponto do texto e aperte control A. Tudo que foi escrito vai estar selecionado. Aí aperte Control C. O texto está salvo na memória do computador. Se algo acontecer e ele for perdido, basta clicar no espaço para escrever e clicar control V .

      Se você for como eu e fizer várias coisas ao mesmo tempo, pode correr o risco de dar control C em outro texto de outro site e acabar perdendo o que tinha escrito. Para evitar isso, quando estou fazendo muitas coisas ao mesmo tempo, copiando urls pra ver as páginas, escrevendo comentário e pesquisando algum assunto, eu abro um TXT e vou colando meu comentário lá. Control A, Control C no comentário e aí control V no TXT. Se algo acontecer, é só fazer o caminho contrário, Control A e Control C no TXT e control V no espaço para postar o comentário.

      Parece trabalhoso, mas Só parece. Com o tempo vira algo automático. Eu faço e as vezes nem noto que fiz. Ai perco algo e xingo, aí me lembro: opss, já colei no TXT e vou lá recuperar…

      Isso é legal fazer várias vezes se o texto for grande (ou como é o seu caso, desconfiar que está clicando em algo fora de hora!) ou pelo menos uma vez, logo antes de apertar o enviar.

      E na fotinha, bem, É IGUALZINHO A ELA…. mas sou eu quando era pequena. Sobre essa foto tem um “causo” curioso. Há uns 2 anos atrás meu tio estava me mandando uma fotos antigas da minha vó, por email. Esse meu tio morava em Brasília e eu não o via tinha uns 10 anos mais ou menos. A minha filha estava nessa época de troca de emails com fotos, com uns 9 anos…. Ai foram chegando as fotos que eram da coleção da minha vó, e eu vendo a miniatura delas no email… aí chegou essa e eu parei e perguntei: Ué, o Antônio José chegou a conhecer a Letícia? A Vó eu sei que não, ela morreu eu estava grávida da Lê… então como é que nas fotos velhas da vó tem uma foto da Letícia????? Aí abri a foto no tamanho original e quase caí para trás: era eu e eu não só não tinha me reconhecido,como jurava que era a minha filha…

  4. lucia diz:

    É isso mesmo, Adriana…Faço várias coisas ao mesmo tempo e aí, embanana tudo, às vezes. Mas com essa sua explicação, vai dar tudo certo! MUITO OBRIGADA! ( primeiro control A e C, em ação…rsrsr)…

    Interessante, a história da sua foto!
    É incrível a semelhança física, de algumas crianças em relação aos pais quando tinham a sua idade, e, mais interessante ainda é que , com o passar do tempo, muitas destas características – antes tão firmes – se esvaem, né? Vá tentar entender a Natureza! rsrsr

    Bom, fiquei meio longe uns dias porque o mouse não queria me obedecer… eu clicava e ele , nem aí, pode? rsrsr…Agora, tudo bem!

    Ontem fez 6 dias que eu estava utilizando aquela medicação nova, ou seja: puran +tapazol, mas, desde a segunda-feira, andava meio com “falta de ar”, aquele sintoma primeiro, que me fez procurar um médico, lembra? … E a minha pressão arterial, até então controlada com o remédio que tomo regularmente, deu pra ficar em 15X 9.7 , ao acordar, principalmente. Fiquei meio assustada!

    Deu-me uma neura, amiga! … e se for hiper novamente? Já não tomei o puran da manhã e fui pro laboratório…. o tapazol tomei às 12h.

    Hoje, saiu o resultado: t3 = 82.6 ng/dL…. T4= 0.60 ng/dL…. TSH = 37.6 ng/d
    (valores de referência: 60 a 190….. 0.70 a 1.80….. 0,3 a 5.0, respectivamente)

    Como vês, o t4 tá quase normal o t3 já tá dentro dos valores, mas o TSH continua a subir.
    Aí, a minha cabeça deu um nó!

    Aquelas mil interrogações que nos perseguem sem no entanto, acharmos uma resposta que nos satisfaça, sabe? Como vc, agora, em relação ao seu “pantogar manipulado”, administração em desacordo com a bula, etc… É realmente , um drama!

    Pois bem, a dose do tapazol foi aumentada para que o TSH se elevasse um pouco, e ele subiu demais… e assim, baixou o T3 e T4 que já estavam dentro do normal… Aí baixa a dose do tapazol, como uma medida preventiva de não entrar em hiper, uma vez que o Puran passa a ser administrado para elevar o T4 e o T3.

    Com a administração de 1 único tapazol eu imaginava que , pelo menos o TSH, se não baixasse um pouco, se mantivesse no mesmo valor… mas, não! Continua aumentando!.

    Tentei falar com a médica… está num Congresso. Só estará no consultório na segunda e já há, segundo a atendente, 17 pessoas para serem consultadas…. de formas que, só dia 17 é que poderá me ver.

    E, faço o quê, até lá? Tomo o Tapazol? Não tomo o Tapazol?

    Quando ela me falou -da última vez em que conversamos – que eu estaria em hipo mesmo, com alguns sintomas, seria se o TSH estivesse + ou – 40…
    Então, se já está em 37, 7 dará um pipoco se eu continuar a tomar, não é lógico?
    Hoje não o tomei… Nem o tomarei até segunda, quando tentarei falar com ela pelo telefone.

    Durma, então, com um barulho desses!
    Abraço!

    P.S. Com o estou perto de mestruar (faço reposição hormonal) , suponho que essas alterações no organismo sirvam como explicação para a falta de ar e o descontrole da pressão.

  5. lucia diz:

    O puran, continuo a tomar. Começou hoje a dosagem de 50 mcg/dia.

  6. lucia diz:

    Finalmente hoje, consegui falar com a médica e, graças a Deus, ela disse que fiz bem ter parado de tomar o tapazol, por enquanto.

    Explicou-me que, agora, os exames vão ser solicitados com maior frequência, para que haja um acompanhamento mais de perto da atividade da glândula, a fim de evitar surpresas que poderão ser bastante desagradáveis, já que a resposta do meu organismo aos medicamentos, é muito rápida.

    Ah, pediu tb, um anti-TRAB . Espero que dê negativo, né? Anteriormente, já havia feito ATPO, cujo resultado estava dentro do normal.
    Abração!

    • Confesso que o seu caso me deixa de boca aberta! MAs acho que o caminho é esse mesmo, muitos exames pra ir acompanhando de pertinho e ir tentando ajustar os remédios.
      o que seria importante é descobrir a causa dessa sua reação tão rápida aos remédios! Tomara que descubram logo para poder achar o melhor curso de ação pro seu caso! 🙂

  7. lucia diz:

    Quando há um desequilibrio dos hormônios tereoideanos de repente, que é o que acontece quando se passa de um estado de eutireoidismo para um hiper ou hipo, esse acompanhamento, jamais, poderia ser diferente, porque…

    Quem pode prever como uma pessoa vai reagir diante dessa nova situação, com o medicamentos que lhe será administrado?

    Portanto, só tem esse jeito: observar MUITO e de perto a reação de cada um, haja vista a singularidade que lhe é dada pela própria natureza.

    Embora saiba do tamanho dessa útopia diante do Sistema de Saúde que temos e da falta de humanismo que lhe é peculiar, não consigo enxergar de outro jeito.

    Amanhã, dia, 17… farei outro exame.
    Serão 7 dias sem o tapazol e 14 dias com Puran T4. Vamos ver no que é que dá!

  8. lucia diz:

    Fiz o exame! Tô com um medo arretado! O resultado, só amanhã! UFA!

    • Não fique com medo. O que quer que dê o exame, é “coisa boa” no sentido que vai ser mais um passo pra ajudar a entender o que está acontecendo e ajustar os medicamentos pra resolver. Mas tô torcendo pra sair o resultado que você espera! 🙂

  9. lucia diz:

    É impressionante como, a cada exame, esse troço muda! Quando te disse que estava com medo era , justamente, porque é muito pouco tempo pra tanto desequilíbrio. Um dia eu estou de um jeito, no outro dia, já de outro… e, o que é pior : sempre ingerindo medicamentos…

    Bom, agora depois dos últimos exames foi-me prescrito apenas 1 tapazol.
    O resultado foi o seguinte:

    T3 = 287.9 ng/dL…..T4 = 1.83 ng/dL ….. TSH = 0.4 mcIU/mL , para o s valores de referência 60.0 a 190 …. 0.70 a 1.80……. e 03. a 5.0, respectivamente.

    Segundo a médica, não dá pra deixar de tomar o tapazol, por que, sabe como é, né? E se o hiper volta com força total? … Quem, em sã consciência, pode afirmar que a minha tireóide voltou a funcionar, normalmente, em tão pouco tempo? Ela mesma disse que não acredita e tem bons motivos pra isso.

    Bom, agora, é esperar alguns dias e fazer um novo exame.
    Viver nesse drama, é um saco!
    O pior é que ela , a endo, vai prum Congresso, nos Estados Unidos , nessa próxima semana e só estará de volta dia 1.07.
    Espero que até lá, não tenha novidades ruins… e que eu não tenha que tomar decisões sozinha.
    .
    Desculpa, Adriana, mas hoje não estou muito legal! Ah, ela tb, receitou-me um ansiolítico porque o T3, nessa quantidade, no sangue de qualquer pessoa, provoca uma grande instabilidade emocional.

    Bom final de semana!

    • Você sabe que quando você me falou da suspensão do tapazol, eu desconfiei que algo assim pudesse acontecer. Ao que parece seu corpo reage rápido e violentamente ao tapazol, mas isso não quer dizer que a tireóide consiga funcionar sem ele. Seu caso parece ser meio que único, mas se você for pensar bem, segue uma certa lógica. Foi dada uma dose muito grande de tapazol, e ai T4 e cia dispencou e TSH aumentou. Ai o Tapazol foi sendo diminuido mas ainda devia ter resquícios no seu corpo. Quando parou o tapazol de vez, os hormônios voltaram a se inverter. Concordo que deve ser agoniante, mas faz um certo sentido…

      Tenta ficar calma. Não vai acontecer nada de mais nesses dias que a médica estiver fora, até porque, o PIOR que pode acontecer é um quadro simulando a hipo, que é bem menos grave do que se ela fosse viajar e te deixasse sem tapazol. Então fica tranquila, toma o ansiolítico e saiba que vou estar torcendo pra isso se estabilizar logo. Não ajuda muito, mas pelo menos é apoio moral! 🙂

  10. lucia diz:

    Obrigada, Adriana, pela força!
    Boa sorte!

  11. lucia diz:

    Oi, Adriana!
    Fiquei alguns dias… por alguma horas… sem internet.

    Desde a terça-feira 22, voltei a tomar 2 comprimidos de tapazol. No domingo à noite , estava com a bendita “falta de ar” e a pressão lá nas alturas, além do corpo todo doendo, novamente. Entrei em desespero!

    Fui até a Emergência Cardiológica e lá, controlaram a pressão …. a falta de ar, NÃO!. Depois de uma hora, o médico afirmou: não é do coração. A pressão já estava em 12 x 8 . Então, aconselhou-me a procurar a endo, mesmo tendo ido ao consultório na última sexta, 18.
    Aí, já viu, né? Na segunda, cedinho, laboratório . O resultado saiu à noite.
    T3= 194.1 ng/dL T4= 2.18 ng/dL TSH= 0.08 mcIU/mL
    Só não sofri mais porque – pelos sintomas – já sabia, perfeitamente, o que estava acontecendo.
    Na terça, fui à médica, claro!

    Adriana, me diz uma coisa: desde que começou o seu tratamento, houve ajuste na dosagem do Tapazol?

    Estou tentando juntar tudo que eu li, adicionado a tudo que conversei com alguma pessoas, pra chegar a alguma conclusão sobre este tratamento, dentro das minhas limitações , claro.

    Veja só:
    Se o tapazol serve para bloquear a função da tireóide, deve ser – APENAS – no que ela produz em excesso, né?

    Então, se uma pessoa acometida de hiper, está tomando tapazol, e fica nessa instabilidade toda , é porque a dosagem ou está alta , – levando-a ao hipo e obrigando-a a tomar hormônios tireoideanos – ou está baixa, e nesse caso , os sintomas do hiper continuam.Isto, quer dizer que o bloqueio ainda não está sendo suficiente, né?

    E, ainda:
    A função do tapazol, na dosagem correta, não seria deixar a pessoa BEM, no período de 1 a 2 anos pra ver se, após esse tempo, a sua tireóide volta a funcionar normalmente?
    Ou… será que alguém consegue viver todo esse período numa instabilidade generalizada?
    Duvido muito! Só com três meses eu já ando é com vontade de morrer!
    rsrsr.. brincadeirinha!

    Bom , amiga! Peço-lhe desculpas por essas lamúrias mas, como estou em hiper, pelo menos você, me entende , né? rsrsr

    Ah, PARABÉNS pela transformação do blog… Vi algumas coisas … nem cheguei a comentar porque estou querendo deixar essa “maré braba” passar.
    BOA SORTE!

    • Ah sim, obrigada pelos parabéns. Quando quiser/puder, vai lá navegar nos meus outros blogs, até pra distrair a cabeça. Pra mim está sendo um santo remédio. Quando fico nervosa e com sintomas de hiper e querendo matar um, vou postar alguma coisa nada haver com doença e daqui a pouco nem me lembro que estou doente! 🙂

  12. Primeiro não precisa se preocupar. Esse é um espaço justo pra isso, se lamuriar quando precisamos. 🙂

    Não. Não precisei fazer ajuste no tapazol, mas sei que é comum que precise.

    Se o tapazol serve para bloquear a função da tireóide, deve ser – APENAS – no que ela produz em excesso

    em teoria, mas na prática não funciona assim, porque o tapazol não sabe quanto é o excesso. O tapazol vai impedindo a tireóide de produzir os hormônios: quanto maior a dose, mas ela impede a produção. Então um tapazol de 10 diminui a produção em X, dois de 10 vão diminuir aproximadamente o dobro. E 1 pode ser pouco e 2 muito, então não se tem como saber com certeza quanto dar e como o corpo vai reagir.

    Então, se uma pessoa acometida de hiper, está tomando tapazol, e fica nessa instabilidade toda , é porque a dosagem ou está alta , – levando-a ao hipo e obrigando-a a tomar hormônios tireoideanos – ou está baixa, e nesse caso , os sintomas do hiper continuam.Isto, quer dizer que o bloqueio ainda não está sendo suficiente, né?

    Exatamente isso.

    A função do tapazol, na dosagem correta, não seria deixar a pessoa BEM, no período de 1 a 2 anos pra ver se, após esse tempo, a sua tireóide volta a funcionar normalmente?

    De novo em teoria. A idéia é que se o remédio bloquear corretamente, a tireóide vai produzir X de hormônio que é a quantidade certa. Depois de um tempo, ela meio que aprende que X é quanto ela deve produzir e mesmo sem remédio, só produz X. Isso acontece em 1 ano e pouco 2 anos de medicação. Agora, isso é teórico. A tireóide pode nunca aprender, e ao tirar o remédio voltar tudo a como era , ou seja, hiper. Ou ficar um tempo produzindo X sem o remédio, e depois de alguns anos, o que causou a hiper em primeiro lugar aparecer de novo, e a tireóide “esquecer o que aprender” e produzir X + Y + Z + W etc e lá vem a hiper de novo. Então é tudo muito teórico.

    Ou… será que alguém consegue viver todo esse período numa instabilidade generalizada?

    VocÊ deu azar. Seu corpo reage de um jeito estranho ao tapazol. O que eu sei é que no começo eu sentia MUITAS variações. Agora sinto menos. Dá pra notar o dia que a tireóide está produzindo muito apesar do tapazol, e o dia que está produzindo pouco. Mas não sei se eu sou mais tranquila quanto a isso, ou se as minhas variações são bem menores, não saio pra fazer exame, então nunca provei se é isso mesmo. Eu só espero, e um ou dois dias depois, me sinto melhor. Ou seja, tem dia que sinto sintomas de hiper, outros de hipo, ignoro e depois passa. SE houve alteração hormonal mesmo eu não tenho provas, só acho, mas com o correr dos dias isso se regulariza (ou assim parece pela ausência de sintomas) e essas variações me parecem muito mais raras.

    Em você elas parecem extremas, e os exames frequentes confirmam isso. Então realmente não sei o que dizer. O que a médica diz???

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s