Viva, viu?

Eu estou meia que sumida, mas não é por nada. Ou é por muita coisa. Pra começar, em termos de depoimento, nada novo pra falar. Tenho que fazer um novo GGT mas esse mês eu estou muito apertada (embora o exame seja até barato) então estou enrolando. Sem sintomas novos, sem melhoras novas. Estou acompanhando as mudanças no meu cabelo mas acho melhor esperar que haja grandes mudanças pra fazer um post só, contando tudo. Então, falta assunto.

Sobre assuntos gerais também estou sem muitas coisas novas pra falar. Acho que já pesquisei e falei por aqui sobre quase tudo. Estou com um post sobre coagulação e problemas da tireóide, mas o texto base é muito técnico, então está sendo chato e trabalhoso convertê-lo para linguagem de “gente”. 🙂 E as buscas aqui do site dos últimos dias não apresentaram muitas perguntas novas, então estou esperando ter uma quantidade maior para postar mais um o povo pergunta…

E por fim, tenho me dedicado um pouquinho mais ao meu outro blog, o Tudo e Nada, até porque ando meio cansada de falar de doença. Isso não quer dizer que eu vá parar de postar aqui, ou coisa assim… apenas que eu realmente tenho me divertido um pouco mais falando de televisão, filhos, internet e livros… E tudo isso tem sido um exercício de concentração e redação e é importante pra mim. Mas volto assim que eu tiver uma novidade, duvidas, assuntos novos ou informações, ok?

Só quis deixar uma satisfação pro fato de depois de vários dias postando seguido por aqui, estar meio que sumida…

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Cotidiano, Indo devagar com as etiquetas . ligação permanente.

14 respostas a Viva, viu?

  1. lucia diz:

    Está certíssima Adriana, aproveitando esse tempo e, dedicando-o a questões mais leves e prazerosas tão fundamentais na nossa vida .

    E, depois, como o dia tem 24 horas , devemos, pelo menos, tentar distribuí-las da forma mais equilibrada possível, para que no final não PESE tanto, já que temos que seguir adiante, sempre!

    Outra coisa: seus cabelos são estes que estão aí, isto é, a foto é recente? Se for, amiga, nem fique triste! Você tem cabelos pra dar e vender! Portanto, tenha “paciência” (rsrsrsr) que vai dar tudo certo!

    Gostei de saber como é você! A gente sempre fica imaginando como é a pessoa que está do lado oposto da telinha, né? E olha: Você tem cara de GENTE BOA!!

    • Quem me dera a foto fosse recente. Ela é de 2006/2007, ou seja, pré-doença. Ali meus cabelos já não eram os exuberantes cachos dos 20 anos, mas ainda eram meu orgulho. Reduza 2/3 do volume, imagine que um boi mastigou toda a parte externa do cabelo (fios arrepiados, frizados e sem caimento algum), multiplique os cabelos brancos (na época eram poucos, próximos à raiz, só na parte da frente e especificamente do lado direito) por 50 ou 100, imagine uma cor de burro quando foge a partir de uns 4 dedos da raiz (resto da última tinta, um vermelho escuro quase castanho, que foi queimado de sol e agora é … sei lá que cor é essa!) e pronto: você terá meu cabelo atual. Que obviamente, quando vê uma máquina fotográfica, foge, então não há registros…
      Como a raiz, apesar dos fios brancos multiplicados, não está arrepiando e se comporta como quem pretendia criar cachos no resto do cabelo mas não consegue pelo fio danificado, estou com fortes esperanças… mas veremos em alguns meses!

      Obrigada pelo gente boa. Eu gosto dessa foto porque ela é razoavelmente recente. Deixei de ser fotogênica quando meu primeiro filho nasceu (não me pergunte qual a relação, nem ideia… mas o fato é que não há muitas fotos boas minhas depois de 1991 ! ) então fiquei contente quando vi uma foto minha que não era propaganda enganosa (foto de mais de uma década atrás) e que não parecia que eu era um espantalho assustado…. 😛 Essa é uma foto que era próxima ao que eu via no espelho na época. A maioria das outras fotos eram de alguém que não conheço e que definitivamente não era o que eu via no espelho, as vezes segundos antes de tirar a foto! 🙂

  2. lucia diz:

    Ô amiga, cabelos pra mulher, é sempre um drama, né? Dificil encontrar alguma satisfeita. E, quando acontece um acidente como este (hiper…. hipo) que atua exatamente sobre eles, danificando-os, é que se percebe : agora sim, o problema é real!

    Eu sempre destestei o meu! É fino (parece cabelo de bebê) , pouco e, ainda assim, caía demais e, pra completar, desunido , além de ter a parte externa , completamente mastigada, certamente , por esse boi aí, que vc, falor…rsrsrr.

    Isto, lhe dava um volume que eu, simplesmente, tinha pavor. E se chovesse, fazia o que era possível pra não sair de casa, porque aí, o “boi” mastigava tudo, mesmo!. Quebrava com muita facilidade e não tinha duas pontas … tinha mil pontas, o desgraçado!rsrsr

    Percebes que estou falando no tempo passado, né? Pois é, Graças a Deus!

    Ocorre, porém, que, de dezembro/2009 pra cá, não sei o que me deu .
    Além de eu ter feito aquela loucura de começar a comer zilhões de castanhas-do-pará e nozes ( o que culminou com uma intoxicação), ainda cismei de enchê-los de cremes na hora da lavagem, utilizando um atrás do outro, não antes de massageá-los com azeite de oliva extra virgem.
    Tudo, sem tocar no couro cabeludo, claro.

    Meu cabelo se comportava com uma palha… sem vida! Tratei-os como tal!

    Depois dessa super lavagem, escovo-os em casa, mesmo (economia com o salão) ,utilizando um creme de pentear e um reparador de pontas e o resultado é o que eu sempre quis:

    cabelos sem volume, com um certo brilho, sem cair, sem eletricidade, sem milhões de pontas… Continuam poucos, mas quanto a isso nada se pode fazer, né?

    P.S.
    Os cremes são, pela ordem de uso: Excellence creme – l’oréal , Pantene pro-V , Novex-azeite de oliva, e Care liss (creme de hidratação- açucar).
    O creme de pentear é um da Elsève, da L’oréal nutrição 10X, e o reparador, pedi pra fazer numa farmácia de manipulação.

    Parece um absurdo , né? …. mas foi o que deu certo!…. rsrsrr
    Não quer tentar?

    • Querer eu até quero, mas há alguns problema$$$$$….

      Tô gostando de usar o shampoo da Elseve. Meu cabelo ainda está um lixo, mas tá um lixo melhorzinho. Não sei se é isso, se são as vitaminas, agora tem o pantogar também (nono dia de uso hoje) também, mas parece que tá ajudando. Andei parando com a hidratação (Caseira, que não sou cidadã de gastar dinheiro em salão…) porque anda MUITOOOOOO frio por aqui. Tem dia que dá meio dia e não passa de 10 graus. Como eu não tenho toca térmica, eu ia ficar horas com o cabelo frio, cheio de creme, então não dou conta. Quando esquentar volto a hidratar!

      O que eu preciso mesmo é achar uma opção de coloração pro cabelo que não danifique muito… porque os fios brancos estão um horror. Mas estou engolindo em seco por uns tempos, pra dar um tempo pro cabelo descansar e tentar se recuperar minimamente, ai vou arriscar pintar de novo. Não sei ainda com o que, mas com alguma coisa.

  3. lucia diz:

    É amiga, claro que as vitaminas e o pantogar deveM estar ajudando , E MUITO, na melhoria dos seus cabelos.

    Eu nunca fiz hidratação em cabeleireiro… é muito caro. Só ia fazer escova porque aquela moldura que o meu cabelo fazia no meu rosto amiga, ninguém merecia! rsrsr

    Quando eu fazia essa hidratação que a gente acaba passando uns 15 minutos ou meia hora como cabelo cheio de creme, não servia pra nada …E, eram exatamente , esses cremes que uso hoje. Então o problema não era do creme, né?

    Condicionador, no meu cabelo, nem pensar. Resseca, tudo!

    Essa forma que faço agora não deixa de ser uma hidratação, só que, vc a faz enquanto toma banho. Já se sai do banho com os cabelos prontos para serem secos penteados. Claro que o banho estica um pouco , haja vista esse o bota- e- tira que, quase não acaba mais..rsrsrr

    O meu cabelo, eu pinto com Imédia. Há muitos anos.
    Acho que esta tinta não os prejudica , até porque , eu os pinto a cada 3 semanas. E o primeiro creminho que eu uso, tenha acabado ou não de pintá-los, é, justamente, o que vem junto com a tinta.

    Os cremes que eu uso, Adriana, demoram muiiiiiiiiito! Normalmente os potes são de tamanho médio, então custam uma eternidade até porque , como meu cabelo é pouco – que deve ser o seu caso, pelo menos por enquanto – uso, apenas, um pouquinho de cada um deles, e só no comprimento… E também , não os comprei todos de uma vez não, viu.

    Comprava sempre um, pra fazer aquela hidratação em casa… que acabava não dando o resultado esperado.. Outro dia, comprava outro, pra experimentar…. e assim foi…

    Um dia, juntei tudo que tinha e decidi que eu ia hidratar de forma diferente:
    Lavei com shanpoo pantene que tinha acabado de comprar e depois
    botei um creme, enluvei o cabelo durante um minutinho e enxaguei…. usei outro, e fiz do mesmo jeito ….outro…. e outro…. e aí o cabelo ficou macio…muito macio!Você sente a diferença já na hora em que enxuga o fulano. ..rsrsr… Ai pensei: vai ficar oleosissímo! Mas não! Pra minha surpresa e contentamento deu TUDO CERTO!

    Por que vc não tenta fazer com o que vc tem em casa, POR ENQUANTO?

    • Então, mas eu já faço isso… não vários cremes como você (vou tentar experimentar… nas próximas compras vou ver se acho um diferente e assim vou fazendo um estoque 🙂 ) mas eu uso o creme para hidratação como condicionador. O condicionador da Elseve eu estou gostando muito, um laranja… não lembro qual agora (compre vários no esquema de ir comprando 1 por mês: com mel, pra cabelos danificados, para cabelos quebrados, tratamento intensivo, etc). E tenho o tal creme de hidratação de uma marca menos conhecida mas que eu sinto fazer alguma diferença no cabelo, ao menos quando saí do banho. Ai tomo o banho e lavo com shampoo e condicionador. Se eu não achar que ficou bom no toque, taco o creme também, como se fosse condicionador. No dia seguinte não lavo o cabelo, mas molho e passo o creme. Se eu não fizer isso, não dá nem pra pentear. E até pouco tempo, eu tinha que passar até na raiz! Agora não precisa mais, pois a raiz tá melhorzinha, mas o meu cabelo andava tão seco que eu podia jogar óleo de soja no meu cabelo que ainda assim não ficava oleoso! Lógico que não fiz isso, mas é só pra você ter uma idéia! 🙂

      Como eu prefiro os cachos e como eles estão MUITO quebrados, escova nem pensar… seu eu fizer uma escova vou ficar parecendo a medusa que o boi mastigou… Tem uns 4 meses que a minha irmã até tentou: fez a escova e ficou um lixo. Ai passou a chapinha e: que surpresa! Outro lixo. Foi a última vez que tentei alisar… Quando eles eram cabelo de gente, eu fazia escova uma vez por mês mais ou menos, só pra variar a aparência, mas eu prefiro mesmo os cachos. 🙂

  4. lucia diz:

    Ah, cabelos cacheados são muito mais bonitos! Você tem razão em querer conservar os seus assim!

    O problema é que os meus , não são nem cachados nem lisos! rsrs…
    Sabe… aqueles que tem umas ondas? Pois é! Aí , escovo-os para que fiquem lisos de uma vez. Mas , tá tudo bem!

    Em relação ao que eram há uns cinco meses atrás , estão perfeitos ! Jamais imaginei que algum dia iria falar isto sobre eles! … estão tão macios que até nem preciso prendê-los, quando vou dormir. Bom, né?

    E aí, já fez a experiência?

    • Até tentei, mas não notei muita diferença não. De uns tempos pra cá (hidratação, muito creme, vitamina, alimentação melhor, etc), ele sai do banho PARECENDO melhor, mas é só secar e é medusa pra todo lado… mas em defesa dos meus pobres cabelos, eles estão mais macios, mesmo depois de seco e com aparência feia e sem caimento. Antes eles pareciam bombril ao olho e ao toque. Agora é só ao olho. Estão até sedosos e a parte de baixo (sem tinta) até brilha!! As vezes eles secam e eu estou longe do espelho, passo a mão, e estão tão sedosos e parecendo cacheado que me animo, mas vou olhar no espelho e é fio quebrado pra todo lado, arrepiado, sem cachos, bem feio mesmo. Melhor do que meses atrás, mas ainda MUITO feio.

      Vou ver se tomo coragem e corto ele. Eu fico com medo dele ficar igualmente feio e muito curto pra prender, mas preciso acreditar que pior que isso não fica e testar… de repente ajuda no caimento e com menos pontas, os cachos voltam… Ou então é ter paciência e esperar pelo fim dos 6 meses de tratamento com o pantogar.

  5. lucia diz:

    Se vc já percebeu que estão um pouco mais macios , talvez fosse melhor ter mesmo um pouco mais de paciência, até porque cabelo cacheadinho tem que ter um certo comprimento, né?

    Já usaste um troço chamado “Baby liss ” (acho que é assim o nome) ? Eu tinha um… gostava de modelar uns cachos , nos meus cabelos, às vezes!.. quando não podia ir fazer escova. Acabou queimando, infelizmente.

    Com o “baby liss”, pelo menos, daria pra vc modelar seus cachos, com os cabelos só um pouquinho úmidos e, garanto-lhe, que eles não ficariam arrepiados e nem artificiais.
    Tb, nem sei nem se existe mais pra vender , pelo menos com esse nome. Vou pesquisar na internet.

    • Tem sim. E tem chapinhas que são fininhas, próprias pra fazer baby liss além do clássico alisamento. Mas quando o meu cabelo fica úmido pra seco, ele já abre toda. E quando tentei passar a chapinha, que sei lá, 6 meses atrás fechava todas as pontas duplas e disfarçava os quebrados (que já existiam, mas por mal trato mesmo! 🙂 ) desde que adoeci, fica pior ainda. Não sei explicar como fica, mas não é uma boa visão! 🙂

      O jeito é paciência mesmo. Vou ver se corto só as pontas, embora a parte pior seja o repicado atrás, e esse eu preciso esperar crescer se não quiser piorar a situação. Mas como agora eu sinto alguma esperança de melhora, não estou mais deprimida com meu cabelo não. Uma hora ele vai voltar ao normal: tenho fé! 😛

      PS > Além do fato deu não saber mexer com esses trecos. Comprei uma chapinha pra mim, mas depois de algumas tentativas frustradas, dei ela de presente, e é a minha irmã quem fazia pra mim, quando eu queria um visual diferente. Eu me queimo toda e deixo armado… é jeito mesmo, eu não tenho o jeito para usar com eficiência, e acho que não ia ser diferente com o baby liss! 🙂

  6. lucia diz:

    Como eu te disse , o meu cabelo era cheio de escamas. Eu confesso que não acreditava que ele fosse se arrumar, um dia. Se eu tivesse ido na onda da dona do salão, não os teria compridos….

    Comecei cortando só as pontas … mas, 1 mês depois, estavam lá todas elas abertas , novamente. Fiz isso por algum tempo…

    Depois, decidi não cortar mais e comecei a prendê-los, uma vez que não tinham jeito… e, eu os queria compridos, de qualquer jeito, mesmo que sobrasse só unzinho!rsrsrrs
    Agi assim, até há uns meses atrás quando, um dia, já desesperada por não ver um bom resultado, apesar de todo cuidado que eu tinha, decidi meter todos os cremes que tinha em casa, e à cada creme , enluvá-los . Ao secarem, as escamas colaram TODAS! Parecia um sonho! O resto vc, já sabe!

    Mais tarde, vou ver se acho alguma foto do “antes ( acho difícil que eu a tenha guardado …rsrsrr)… e do “agora”, e mando pro teu e-mail , tá?

    • Na verdade mesmo, eu gosto do meu cabelo curto. Bem curto. Curtíssimo.

      Eu gosto/gostava dos meus cachos, mas eu sou uma pessoa prática, não gosto de perder tempo com nada, e cabelos incluindo. A melhor fase da minha vida foi a dos cabelos curtinhos, lavou tá pronto… mas acho que estou meio velha e acima do peso pra ficar bem de cabelo curto nesse momento da minha existência: muita atenção pras minhas bochechas vermelhas (da rosácea, que alias, está reagindo super bem aos remédios que a dermato passou) e pescoço inchado (maldito bócio! 🙂 ) … então muito curto está fora de cogitação, apesar do fato deles só andarem presos ultimamente, então é quase como se fossem curtos.

      Essa coisa de muitos cremes realmente melhora. Pra mim ainda não funcionou com eles secos, mas molhados eu noto a diferença. De qualquer jeito vou comprar de outras marcas nos próximos meses e ver… além do pantogar, vitaminas, e quando esquentar, voltar a hidratar (que pra mim ajuda bastante).

  7. lucia diz:

    Adriana, às vezes , acho graça como a gente arranja mil coisinhas pra infernizar nossa vida, né?

    Imagine só: Você, se achando meio velha pra usar o cabelo de um jeito ou de outro…! hahahah! Isso existe mesmo , ou vc tá brincando, amiga?

    Mas, pelo menos, você tem duas saídas. Ou de cachos ou curtos!. No meu caso, sempre sofri um bocado com eles, porque eu só os queria, compridos.

    Bom saber que a dermato acertou no medicamento pra rosácea … Menos um drama, né? Você bem que merece!

    • Não, quer dizer, sei lá… quando eu tinha 16 e depois, lá pelos 22, o cabelo curtinho me dava um ar maroto, sabe? Hoje seria só um cabelo curto. Não sei… quer dizer, sei que é bobagem, mas não acho que seria a mesma coisa. E de qualquer forma, meu cabelo não é mais tão saudável pra ficar bom curto. O cabelo curto, não se engane, mostra todos os seus defeitos, todos os fios quebrados, todos os fios brancos, enfim, tudo fica mais aparente! 🙂

      Mas continuo esperando meus cabelos curarem… aí sim, vou poder decidir!
      E o medicamento foi ótimo. Diminuiu o vermelho, as irritações sumiram quase todas (Só de um lado ainda tem alguma, mas tem que olhar de perto pra ver), uma maravilha. Espero que continue funcionando, o que eu acho que vai sim, já que está um frio infernal por aqui, e é quando meu rosto ficava pior! A única coisa ruim é que tanto o protetor solar como o remédio fazem uma camada meio plástica no rosto, então logo depois que passa, parece que plastificaram minha cara. Mas depois some, e fica tudo de uma cor só (ou quase) e bem macio o rosto. Tô amando meu rosto de novo! 🙂 Muito bom isso. 🙂

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s